Poeminho do amor

16 de nov de 2009
Não vivo sem você
Sem você não tem porque
É dormir sem jantar
É tesão sem querer
É exu sem erê

1 comentários:

Joanna disse...

O erê qué avuá!




Adoray!