Bom dia, Tia

15 de dez de 2009
O tempo fazia
A sala vazia.

A casa zunia
A mãe fervia
O café.

À velha mania
No sofá jazia
Seu Zé.

O sono trazia
E o Zé dormia
Até.

Cansada grunhia
De lavar na pia
Maria.

E dava azia
Se da porta surgia:
"- Bom dia, Tia".









30/10/2009

1 comentários:

Joanna disse...

A-do-ro, absolutamente!
Um talento.
Bjo, titia!