Um, um.

23 de fev de 2010
Reflete a falta do que fazer: poema.
Reduz qualquer luz quadrada.
Janela, quadro, mesa, cabeça...

1 comentários:

Joanna disse...

Cabeça, ombro, joelho e pé!
Que a falta do que fazer nunca falte, para que não mais faltem poemas!