Escuta!

26 de out de 2009
Que barulho faz
Uma gota que não toca o chão?

Que barulho faz
O movimentar dos lábios no escuro?

Que barulho faz
O fingir que o mundo não é absurdo?

Que barulho faz
Seu sorriso besta de domingo?

Que barulho faz
O acordar no sereno da calçada?

Que barulho faz
Sua testa molhada de suor?

Faz barulho o silêncio?
Se é silêncio por não ser ouvido?
É silêncio o silêncio dos surdos?
Se não ouvem a palavra no muro?
Escuta!
Cala-te no negro escuro,
E ouça,
Esse silêncio ensurdecedor!

1 comentários:

Anônimo disse...

Me comoveu de novo, juro...
Sem querer ser coruja, prá mim esse é o melhor!

Deu até vontade de perguntar:que barulho faz um abraço não entregue, o brilho no olhar de alguém que promete e despeja verdades efêmeras, que barulho faz o rombo que se abre no cosmos durante o aperto infinito de duas respirações suspensas em sincronia?

Beijo.